Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

01.Ago.12

Como secar um isco e ir de férias descansado

As férias estão aí para a maior parte de nós e uma das perguntas mais pertinentes por aqui no blogue e em mensagens que se fazem chegar pela página do facebook têm a ver com o tema "O que fazer com o isco quando for de férias?"

 

A resposta passa por secar o isco. Umas horas depois de alimentar ou refrescarem o isco, pincelem sobre uma folha vegetal uma camada muito fina de isco. Deixem ao ar livre durante 1 a 3 dias até estar extremamente seco, de modo a que se possa partir em bocados. Partam em bocados e coloquem num pilão ou num moínho de café/especiarias pequeno até terem obterem uma colecção de "flocos de isco". Coloquem dentro de um saco ou num contentor plástico e já está! O isco está preservado para durar, em teoria, para todo o sempre.

 

Para ser reactivado, sigam as instruções no blogue do Paul. Se não perceberem inglês, a coisa é mais ou menos assim: 1 colher de chá de flocos secos, 2-3 colheres de sopa de água morna. Deixar os flocos dissolver durante um par de horas, adicionar uma colher ou duas de sopa de farinha até obter uma consistência típica de um isco depois de o refrescarem. Deixar coberto à temperatura ambiente durante um dia. Passado um dia, as típicas bolhas vão-se começar a forma na superfície. Refresquem o isco como costumam fazer (50g de farinha + 50g de água) e deixem repousar umas doze horas. Se tiverem sucesso, vão ver que o isco está activo e de boa saúde. Se não, é continuarem a alimentar de doze em doze horas até este voltar à vida.

 

Boas férias!

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Tiago Reis Almeida Bastos 24.01.2013

    Boa tarde companheira de pao caseiro.

    Pelo que entendi, esse produto (instant sourdough) funcionou como agente levedante da massa. assim sendo, alimentando-o com farinha e agua contiunara a viver. assim como se faz com qualquer isco. A diferença pelo que dizes (e se bem entendi) 'e que essa cultura adquirida ja continha um alto numero de leveduras.

    Se quiseres iniciar um isco teu, juntas farinha (trigo ou centeio ou mesmo 1/2 e 1/2 de cada) e agua - que fique com consistencia de comida de bebe ou um pouco mais grosso tambem serve, tapas com papel transparente ou toalha tambem serve, sitio quentinho tipo cozinha estante ou topo frigorico, mexes 2 3 vezes ao dia quando te lembres, alimentas apartir do 2o 3o dia com mais agua e farinha sempre a dobrar. 'e muito facil, so ha que acreditar pois funciona DE CERTEZA :) ao fim de uma semana semana e meia ja sentes a atividade das leveduras (cheiro muda, bolhas dos gazes que libertam veem-se facilmente.

    Pessoalmente tenho isco seco e ta bom, ficarei feliz em ajudar alguem que necessite ;)
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.