Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

Zine de Pão

Caderno de notas sobre farinhas, leveduras e temperaturas

04.Out.17

Pessoas #3: Sébastien Boudet

Começamos por França com um desvio pelos Estados Unidos e um pé em Espanha para depois regressarmos à Suécia. Tudo isto, no número 3 da rúbrica Pessoas. Umas das pessoas mais importantes e influentes no que toca à "revolução do pão" na Suécia - Sébastien Boudet.

Sébastien_Boudet.jpg

Quem é?

Sébastien Boudet, provavelmente o enfant terrible do pão na Suécia. Francês de origem, bien sûr, andou pelo mundo a fazer pão até encontrar o seu poiso na Suécia. Começou o café Petite France em 2008, ganhou prémios (DN Gulddrake) de melhor café de Estocolmo três anos seguidos e vendeu o café em 2013. Sem papas na língua, rapidamente virou do avesso o mundo da padaria a apontar dedos às grandes moagens e às grandes padarias industrais pela merde que colocam nas farinhas e no pão. 

Porque é que inspirador para ti?

Foi em 2011 que nos conhecemos e ficou uma relação de amizade. Uma fonte de inspiração muito forte para mim. Já em 2011 disse-lhe que gostava de me reconverter em padeiro, fazendo-lhe a confidência que até gostava de o fazer em Portugal. Ajudou-me nessa missão achando que eu devia primeiro estagiar com alguém que soubesse - Mattias Wallmark. Depois de ter saído do meu primeiro emprego como padeiro, foi também ele que me encorajou a não desistir. Tem sido um mentor durante estes anos todos. 

Onde o posso encontrar?

É mais activo no instagram em @sebastienboudet, escreve no seu blogue pessoal Brödpassion (em sueco) há imensos anos, e escreveu três livros: The French Baker, Le Bakbok e Sébastiens Mat, este último dedicado à comida da sua infância e da sua terra natal: França. O único deles os três disponível em inglês é o The French Baker: Authentic Cooking Techniques and Traditions que pode ser comprado na Amazon*

 

* Disclaimer: O Zine de Pão ganha uma comissão de Associate se comprarem este livro na Amazon utilizando o link dado. Se este livro não for para vocês, há muitos outros livros sobre pão na Amazon.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.